Como melhorar a hidratação do idoso no verão

Todos os anos o verão é aguardado pela maioria dos brasileiros. Isso ocorre, pois, as altas temperaturas associadas às férias escolares, são a combinação ideal de lazer e diversão. Saiba, porém que a época de calor requer cuidados para hidratação do idoso.

O processo de envelhecimento está associado a várias alterações fisiológicas que podem afetar a capacidade do organismo em manter um equilíbrio de líquidos.Com o avanço da idade, o índice de água no organismo diminui drasticamente, fazendo com que a desidratação, nesta faixa etária, ocorra de maneira mais rápida.

A desidratação pode gerar um maior risco de quedas, infecções urinárias e respiratórias, constipação e perda da função cognitiva. Veja algumas dicas para melhorar a hidratação, do idoso, no verão, para que essa estação transcorra com muita saúde e bem estar:

1. Ofereça água

Não se pode esperar que os idosos tenham vontade de tomar água. As pessoas com mais de 60 anos sofrem uma diminuição do número e da sensibilidade de receptores corporais que controlam a sede, o organismo não acusa a necessidade de água, não tem sede como o jovem. É necessário lembrá-los que é preciso beber água para se hidratarem e, se necessário, adotar algumas medidas que podem ajudá-los nessa tarefa, por exemplo:

- É sugerido que a ingestão de água deva acontecer, de forma obrigatória, a cada duas horas; Ele deve beber pela manhã, no meio da manhã, à tarde, entre as refeições, enfim, sempre que possível.

- Evite copos grandes e cheios. Prefira copos pequenos, fáceis de segurar, e com pouca quantidade de líquido. Faça com que bebam líquidos aos pouquinhos.

Q9wY6I33KkePOJlFT5PFApmyaCkeoOhMqGM94LXr

2. Varie nas bebidas

Como a capacidade de sentir sede e aceitar água tende a diminuir com a idade, é importante introduzir na alimentação outros líquidos e alimentos ricos em água, tais como: sucos de frutas, chás, água de coco, leite, sopas, gelatinas e frutas como melão, melancia, laranja e abacaxi. Sorvetes também devem ser lembrados neste período.

Uma boa opção para quem tem dificuldade de criar o hábito de beber água, é saborizar a água. Você pega uma jarra, enche de água e adiciona a casca ou uma rodela de fruta, como laranja ou limão ou ainda algumas ervas, como hortelã ou canela.

Sirva as bebidas em uma temperatura moderada, ou seja, nem quentes demais, nem geladas demais

Lembre-se: o suco deve ser ingerido, mas ele não substitui a água. Intercalar as bebidas é o ideal.

2MYfz8W6jJx6MOxHSCD2SefmxgiQhzsqzdY2j9Sb

3. Uso de roupas frescas e confortáveis

Para o controle de temperatura corporal, as pessoas costumam transpirar. A transpiração consiste na eliminação da reserva de água do corpo para resfriá-lo, porém o idoso não possui muitas reservas de água no seu corpo. Por isso é recomendável o uso de roupas leves-como as de algodão e cor clara. Óculos de sol e bonés também são bons aliados.

Esteja atento aos sinais de desidratação!

Vimos 3 dicas de como melhorar a hidratação do idoso no verão, porém as aplicações delas não fazem com que os outros cuidados com o idoso possam ser negligenciados. A desidratação está relacionada não apenas à pouca ingestão de líquidos, mas também a fatores como a utilização de medicamentos que podem induzir o usuário a urinar mais vezes, liberando um volume ainda maior de líquido todos os dias. Estar atento ao comportamento deles no dia a dia é fundamental para a percepção de problemas que podem vir a acontecer.

Os sinais de desidratação são sutis e podem ocasionar em graves problemas de saúde para o idoso, podendo até mesmo gerar situações irreversíveis. São os principais indícios de desidratação: confusão mental, vertigem e tontura; fraqueza; pele e mucosas secas; olhos fundos; diminuição da urina ou urina concentrada (de cor forte); boca seca ou com pouca saliva; sonolência excessiva; aumento da frequência cardíaca, entre outros.

Nesses casos, é urgente buscar atendimento médico, a fim de evitar complicações que podem colocar a saúde em risco.

Vimos como o cuidado com o idoso é importante nessa estação do ano, então, aplique essas dicas e compartilhe-as.

Quando se trata de oferecer soluções para melhorar a qualidade de vida para os idosos, a Sênior Showroom tem dicas super valiosas!

Postado em